Bahá'í Library Online
.. . .
.
Back to Newspaper articles archive: 2002


FILHO DA PALAVRA! Tu és Minha fortaleza; nela entra, para que ali possas habitar em segurança. Meu amor está em ti; conheça-o, a fim de que Me possas encontrar próximo de ti.
 
 

Membros da Assembléia Espiritual Nacional do Brasil têm reunião com o recém-eleito Presidente do Brasil

A Assembléia Espiritual Nacional do Brasil compartilha tradução de sua mensagem recém-transmitida por email à Casa Universal de Justiça:

“29 Outubro 2002

Casa Universal de Justiça

Queridos amigos bahá'ís,

A Assembléia Espiritual Nacional do Brasil decidiu contatar os quatro principais candidatos à Presidência do Brasil nas eleições de outubro de 2002. Cartas foram enviadas aos quatro candidatos informando que a Comunidade Bahá'í estava interessada em apresentar a eles alguns documentos e contribuições referentes aos planos de suas futuras administrações.

Nós estamos felizes em informar que o Sr. Luís Inácio Lula da Silva, candidato do Partido dos Trabalhadores e eleito Presidente no último dia 27 de outubro recebeu uma delegação de quatro membros da Assembléia Espiritual Nacional do Brasil com o Sr. Shapoor Monadjem em uma audiência de 45 minutos que se realizou no dia 1o. de outubro de 2002. A reunião foi organizada pelo ex-Deputado Federal Luís Gushiken, que é um dos quarto coordenadores do programa de governo do Sr. Lula da Silva. Ele estava presente na reunião com o secretário particular do Sr. Lula da Silva, Sr. Gilberto Carvalho.

A reunião foi caracterizada por extrema cordialidade e os seguintes documentos foram oferecidos a ele com breve comentários de parte de cada um dos representantes bahá'ís na reunião:

- Os Sete Vales
- O documento sobre Bahá'u'lláh
- A Prosperidade da Humanidade
- A Promessa da Paz Mundial
- Momento Decisivo para Todas as Nações
- O documento preparado pela Assembléia Espiritual Nacional do Brasil para a eleições de 1995 com sugestões para os novos Presidente, Governadores e Parlamentares.

A primeira reação do Sr. Lula da Silva ao receber o documento sobre Bahá'u'lláh foi que agora ele estava preparado para discutir com o Sr. Gushiken vários aspectos sobre a Fé Bahá'í e que antes ele não se sentia capaz de responder às instigações do Sr. Gushiken. Ele também perguntou sobre a consulta bahá'í e como os bahá'ís aplicavam na prática esse princípio, uma vez que um dos principais eixos de sua administração será a gestão participativa. Ao fim da reunião o Sr. Gushiken presenteou o Sr. Lula da Silva um quadro com o símbolo do Máximo Nome de parte de sua esposa Elizabeth, que é uma bahá'í. Uma descrição geral do símbolo do Máximo Nome foi dada ao Sr. Lula da Silva. Para concluir a reunião foi recitada uma oração.

Com amorosas saudações bahá'ís,

Assembléia Espiritual Nacional dos Bahá'ís do Brasil.”

©Copyright 2002, Agência Bahá´í de Notícias, Brasil


. . .